quarta-feira, 31 de março de 2010

Diretório Nacional do PT pode intervir em decisão do PT MA



O assunto sobre a coligação do PT com Flavio Dino(PC do B), ainda vai dar muito que falar.Há rumores de que o diretório nacional ira intervir na decisão do partido a nível de Maranhão a favor de Roseana Sarney.


Michel Temer,Presidente da câmera , falou bem claro com Lula que eles devem resolver o caso do Maranhão, pois isso seria de grande importância para a candidata a presidencia Dilma, onde Lula teria acatado a decisão, e já estaria se movimentando a favor da família Sarney.

A deputada Helena Barros, ontem em entrevista coletiva, teria dito que já haveriam 4 processos sob judice, contra decisão do PT Maranhão, onde representantes da ala que apóiam coligação com PMDB estariam alegando irregularidades na votação, onde delegados teriam sido mudados em cima da hora, e outros proibidos de votar por não esta em dia com o partido, como a primeira dama de Bacabeira, mas que a mesma poderia se quitar até na mesma hora que não teria problema.

Pelas conversas que correm, o diretório nacional já teria dito aos Sarney para não terem preocupação, pois o problema vai ser resolvido o quanto antes.

Armando Raposo

terça-feira, 30 de março de 2010

Dutra ameaça fazer greve de fome se o Diretório Nacional mudar o resultado

do blog do Anselmo Raposo

O Deputado Domingos Dutra, o mesmo que passava nos corredores do Congresso, e se quer dava bom dia ao Deputado Flávio Dino (PCdoB), afirmou que fará greve de fome caso o Diretório Nacional resolva mudar a decisão do encontro.

O impressionante nessa história é que Dutra é expert em fazer chantagens, agora cumprir que é bom nada. Prometeu que só sairia do Palácio dos Leões após a cassação do Governador Jackson Lago, morto, e saiu vivinho bem antes do Governador.

Agora uma pergunta que não quer calar, por que Dutra não fez greve de fome quando o governo do PDT que ele apoiava massacrou os funcionários públicos e professores.

Nós professores da UEMA e do Estado passamos 103 dias em greve contra a lei do cão e Dutra não deixou de tomar sequer um café da manhã.

Desde a abertura do encontro Dutra vem ameaçando e chantageando os delegados, com greve de fome, não sair candidato, mudar de partido, alias acho que ele deveria estar no PSDB a muito tempo.

Agora uma coisa eu tenho certeza, se o Diretório Nacional fizer jus a resolução de tática eleitoral, a greve de fome do Deputado Domingos Dutra não deve durar muito.

Flavio Dino nega possibilidade de intervenção nacional para retirar apoio a sua candidatura



Em entrevista coletiva concedida ontem pelo deputado Flavio Dino, PC do B, no Gran Hotel, antigo Vila Rica, o pré-candidato afirmou que não existe a possibilidade de uma intervenção do diretório nacional para retirar apoio a sua candidatura, e que agora a onda vermelha vai se espalhar por todo estado do Maranhão. Dino diz também que esta eleição vai ter segundo turno, e que o mesmo com toda certeza estará la, descartando possibilidade de Jackson Lago interferir em seus planos.

O PT nacional já se mostrou a favor da eleição de Roseana Sarney, mesmo com o PT Maranhão negando apoio ao PMDB no estado, e que diretório nacional dará prioridade a atual governadora Roseana Sarney, onde a candidata ainda terá apoio de 85 delegados do PT Maranhão, mostrando-se confiante e afirmando continuar apoio a Lula e Dilma no estado, concretizando assim a possibilidade de dois palanques para a candidata a presidência Dilma.

Recentemente, Flavio Dino perdeu processo contra o atual prefeito João Castelo, onde o mesmo pedia a cassação do Tucano, mas isso lhe foi negado.

Dino mostra-se confiante após apoio do PT, e espera sentimento de mudança no pensamento do povo maranhense, acreditando em uma vitoria dele e de Dilma Roussef.

segunda-feira, 29 de março de 2010

Roseana Sarney viaja pra São Paulo após decisão do PT Maranhão apoiar Flavio Dino para o governo.

A governadora Roseana Sarney viajou para a cidade da garoa esta semana, e não sabe-se ao certo o que a mesma foi fazer lá. Há rumores que a Governadora do Maranhão teria ido tentar sensibilizar o diretório nacional do partido dos trabalhadores, para intervir na decisão do PT Maranhão, que tomou como tática política apoiar o deputado Flavio Dino para governador.


Há rumores também que a mesma, com um sentimento de revanchismo, teria ido ter conversa com o candidato tucano José Serra, para lhe propor apoio no estado e palanque, já que a mesma não recebeu o mesmo do PT e nem houve intervenção de Lula ou de alguém da direção nacional do partido para impor a aliança que é a nível nacional com o PMDB.

Duvidas a parte, e como sempre digo: É esperar pra ver

domingo, 28 de março de 2010

PT MA se coliga ao PC do B
































Ontem, 27 de março de 2010, em reunião a portas fechadas, o diretório estadual do PT oficializou sua tática política, definida por apenas dois votos, aliando-se ao deputado Flavio Dino e PC do B, para tentar alcançar o governo do estado e conseqüentemente tentar superar a candidata do PMDB Roseana Sarney.

Mas esta decisão não era esperada pela maioria. Segundo militantes que acompanhavam o caso de perto, e sabiam os bastidores e articulações internas, em prol de uma aliança com o PMDB, acusam possíveis “aliados” de traidores, por mudarem de opinião no dia em que a decisão deveria ser tomada e uma ética de aliança idealística deveria ser levada em consideração.

Vamos ver se agora nesta eleição, Dutra e companhia apóiem Flavio Dino de fato, sem interesses maiores, diferentemente do que fizeram quando o mesmo foi candidato a prefeito, pois ao serem contrariados pelo partido, que preferiu lançar Flavio à Bira do Pindaré como candidato a prefeito, vários delegados que defendem a vertente de aliança com o atual candidato apoiado, incluindo os cabeças, como Durtra, Marcio Jardim, entre outros, em clima de revanche , decidiram apoiar o PSDB e João Castelo, partido historicamente adversário do PT, Onde somente o próprio Bira, passou por cima de seus interesses pessoais e saiu na caminhada como militante do partido em apoio a Flavio.

Agora a pergunta que não quer calar para todos é : Para quem seria ético Dilma Roussef pedir votos aqui no estado?

Armando Raposo

sábado, 27 de março de 2010

Pesquisa Datafolha aponta Serra com 36% e Dilma com 27% para Presidência





 do G1

Segundo levantamento, Ciro Gomes tem 11% e Marina Silva, 8%.
Foram entrevistadas 4.158 pessoas com mais de 16 anos.

Pesquisa Datafolha divulgada neste sábado (27) mostra o pré-candidato do PSDB à presidência, o governador de São Paulo, José Serra, nove pontos à frente da pré-candidata do PT, a ministra Dilma Rousseff. Segundo o levantamento, realizado nos dias 25 e 26 de março, o tucano tem 36% das intenções de voto, enquanto a petista aparece com 27%. Há um mês, eles tinham 32% e 28%, respectivamente, no mesmo cenário.

O deputado federal Ciro Gomes (CE), pré-candidato do PSB, ficou com 11%, e a pré-candidata do PV, senadora Marina Silva (AC) permaneceu estacionada com 8%. Dos 4.158 brasileiros com mais de 16 anos entrevistados, 7% disseram que vão votar branco, nulo ou estão indecisos e 11% não souberam responder.

No cenário de segundo turno, numa eventual disputa entre Serra e Dilma, o tucano também venceria por uma diferença de nove pontos. Serra aparece com 48%, contra 39% de Dilma. Em fevereiro, os percentuais eram de 45% e 41%, respectivamente.

De acordo com o Datafolha, o pré-candidato Ciro Gomes registrou o maior índice de rejeição entre os presidenciáveis neste mês, com 26%, seguido por Serra, com 25%. Dilma aparece na sequência, com 23%, e Marina Silva tem 22%. Em fevereiro, Serra liderava as rejeições, com 26%, enquanto Dilma e Ciro tinham 23% e 21%, respectivamente. A pré-candidata do PV tinha 19% de rejeição no mês passado.

O levantamento tem margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa Datafolha foi registrada sob o número 6617/2010.

sexta-feira, 26 de março de 2010

Reunião que definirá aliança do PT MA para as eleições 2010 começa hoje


Começou hoje a reunião mais esperada do ano para os maranhenses e militantes do PT,PMDB e PC do B, onde será defenido o rumo do partido dos trabalhadores(PT) para as eleições 2010.
Para se ter um bom entendimento, nesta reunião será definido se o PT ira coligar-se com o PMDB, da atual  governadora e seguir o diretorio nacional, ou fazer uma chapa com o deputado Flavio Dino do PC do B, que vem apoiado de José Reinaldo, ex-governador, que ja foi  apoiado pela agora adiversaria politica Rosena Sarney.
O encontro dos delegados do PT se estende ate amanahã, dia 27, sábado, pelo decorrer do dia, mas espera-se ter o resultado final desta questão as 17h00m.
Agora é esperar pra ver.

Armando Raposo

quinta-feira, 25 de março de 2010

PT e PMDB sinalizam para aliança histórica no MA



 
O PT e o PMDB deram o primeiro passo concreto para a celebração de uma aliança histórica no Maranhão em torno da provável candidatura da governadora Roseana Sarney (PMDB) à reeleição. Em reunião realizada no Palácio dos Leões, iniciada às 15h e encerrada às 18h30, as Executivas das duas legendas discutiram a futura parceria.


Os petistas foram claros em afirmar que desejam compor a chapa da governadora na condição de vice. Roseana e o PMDB disseram que não veem problema na reivindicação, mas primeiro o partido precisa decidir pela aliança no encontro que começa nesta sexta-feira.

“A reunião foi muito boa. Eles foram claros, abertos e francos”, avaliou o presidente em exercício do PMDB, Remi Ribeiro. “A Roseana foi muito mais clara que o Flávio Dino (PCdoB) na conversa que teve com o PT”, declarou Evandro Sousa, ex-coordenador da campanha de Lula no Maranhão.

Dos 17 membros da Executiva, nove compareceram: Raimundo Monteiro (presidente), Washington Luis Oliveira (1º vogal), Fernando Magalhães (Secretário Geral), Mundico Teixeira (Tesoureiro), Fábio Dias (Comunicação), Socorro Lago (Movimentos Populares), José Inácio Rodrigues (Secretaria Agrária), Edmilson Carneiro (Relações Institucionais) e Juscelina Ramos Vale (4ª vogal). Os outros membros da instância reclamaram do local do encontro. Queriam que fosse realizado na sede do PT. O secretário José Antonio Heluy (Trabalho), o vice-prefeito de Açailândia, Antonio Erismar, e outras lideranças petistas também participaram do evento.

De acordo com Washington, pela primeira vez na história política recente do estado, os dois partidos sentaram na mesa para uma discussão aberta e madura. “Foi uma discussão de conjuntura”, afirmou. “Estamos discutindo uma aliança que fortaleça a candidatura da companheira Dilma e também a presença efetiva do PT nos projetos do Governo do Estado. Por isso, a Executiva do PT ouviu as propostas dos pré-candidatos dos dois partidos (PMDB e PCdoB)”, declarou Monteiro.

Ele e Washington confirmaram a chegada nesta sexta-feira do presidente nacional da legenda, ex-senador José Eduardo Dutra, ao estado. Ele deve desembarcar à tarde e se encontrar em seguida com Roseana no Palácio dos Leões. De lá segue para abertura do encontro do partido no Sesc Olho d’Água, a partir das 19h.

Segundo o deputado federal e secretário Gastão Vieira (Planejamento), o importante da reunião foi a sinalização para o entendimento das duas agremiações. “Foi um gesto simbólico nos reunirmos com o PT no Palácio dos Leões. É sinal que muita coisa avançou. Está tudo aberto desde que o PT diga que vai fazer a coligação com o PMDB,” assinalou

Marcio Jardim Declara apoio a Flavio Dino


















Em entrevista concedida a radio Capital, hoje pela manhã, o ptisita Marcio Jardim mostrou-se revoltado com alguns companheiros de partido por cogitarem apoio ao governo Roseana Sarney.
Jardim demonstrou total apoio ao candidato do pc do b Flavio Dino, onde segundo o miliante ptista, este sim representaria uma mudança de fato para o estado, e espera que tudo isso se defina na reunião com os delegados do PT, que começa amanhã as 19 horas e se estende até o sabado, no decorrer do dia.
Para Marcio, esta reunião será uma das mais importantes de sua vida, pois segundo ele, que ja se prejudicou em varios ambitos de sua vida para militar no partido dos trabalhadores, seria uma grande decepção a aliança com PMDB e  gostaria que seus companheiros delegados pensassem nestas pessoas que dedicaram a vida ao partido e ajudaram na construção da indentidade do partido dos trabalhadores, citando que Roseana nunca militou a favor de Lula ou do PT.

Armando Raposo

segunda-feira, 22 de março de 2010

Defesa dos Nardoni não vai pedir adiamento de júri se testemunha faltar

Do G1

A poucas horas do início do júri, ainda há uma dúvida: o pedreiro Gabriel dos Santos Neto, uma das testemunhas convocadas pela defesa do casal, vai aparecer ou não?
Na época da morte de Isabella, ele chegou a dizer que um ladrão invadiu uma obra, ao lado do edifício London, onde morava o casal. Depois, negou tudo. O pedreiro não foi encontrado para receber a convocação do júri.
 
“Se acusação ou defesa considerarem que determinada testemunha é imprescindível e não está no local, pede para que seja transferido o julgamento para outra data”, explicou Richard Francisco Chequini, juiz-assessor do Tribunal de Justiça.


O advogado de Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá garantiu à reportagem que não pedirá o adiamento do júri, mesmo com a ausência dessa testemunha. De acordo com a assessoria do Tribunal de Justiça de São Paulo, em relação à não localização do pedreiro ou de qualquer outra testemunha intimada, somente após a instalação do júri, a partir da argumentação da defesa e acusação, é que o juiz responsável decidirá o que fazer.

Uma maquete do edifício London foi construída especialmente para o julgamento do casal Nardoni. Ela será mostrada aos sete jurados pelo promotor no momento em que ele estiver revelando detalhes de como Anna Carolina Jatobá e Alexandre Nardoni teriam agredido Isabella dentro do apartamento do sexto andar. Em seguida, segundo a acusação, o pai teria jogado a própria filha pela janela.

Doze pessoas trabalharam 30 dias para fazer as miniaturas do prédio e do apartamento do casal. A acusação vai usar as maquetes para tentar demonstrar que é impossível uma terceira pessoa ter cometido o crime.

Segundo a promotoria, um ladrão não teria tempo suficiente para matar Isabella, limpar parcialmente as manchas de sangue e desaparecer do prédio sem deixar vestígios.

“Pela maquete, você tem uma visão tridimensional, você consegue ter um sentimento mais apurado do que é a realidade, quase como estar no local”, disse Fábio Fogassa, dono da empresa de maquetes.

Na sexta-feira, um jornal do Rio de Janeiro divulgou fotos da maquete do apartamento do casal. A reportagem do Fantástico não teve autorização para filmá-la. A promotoria diz que quer surpreender os jurados.

Nas fotos, dá para notar que o apartamento foi reproduzido com paredes transparentes para facilitar o entendimento do que a promotoria chama de dinâmica do crime.

Há uma miniatura da sala onde Alexandre Nardoni teria jogado a filha com força no chão, provocando lesões na menina. Na cozinha, segundo a acusação, ele pegou uma faca e uma tesoura para cortar a rede da janela.

Os sete jurados também vão saber como era o quarto de onde Alexandre Nardoni teria jogado a filha. As marcas de sangue de Isabella e da sandália do pai, encontradas pela perícia, foram reproduzidas na maquete.

A defesa de Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá diz que também pode usar as maquetes, mas para convencer os jurados de que havia falhas no sistema de segurança do prédio.

O advogado do casal também anunciou que pretende questionar o trabalho do Instituto de Criminalística (IC), usando, diante do júri, alimentos como cenoura, nabo, banana e alho.

Segundo a defesa, os peritos usaram um reagente químico que não consegue diferenciar, com 100% de certeza, entre o que é sangue e o que é mancha deixada por esses alimentos. A promotoria diz que essa alegação não procede.

Estratégias definidas, discursos preparados: defesa e acusação dizem estar prontas para se enfrentar e convencer os jurados.

“O jurado julga de acordo com a consciência. Mesmo que ele tenha até uma ideia pré-formada a respeito do caso, muitas vezes essa opinião vai se modificando no decorrer do julgamento. É imprevisível”, acredita Richard Francisco Chequini.

Confiança

Ansiosos e aparentando confiança. A reportagem do Fantástico apurou que foi assim que Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá se comportaram essa semana na cadeia.
Na quinta-feira (18), o advogado Roberto Podval esteve nos presídios de Tremembé, a 150 quilômetros de São Paulo, e visitou separadamente o pai e a madrasta de Isabella. Na sexta (19), houve um novo encontro. Dessa vez, para acertar os últimos detalhes para o julgamento que pode mudar a vida do casal.

Com 12 metros quadrados, a cela de Alexandre Nardoni em Tremembé tem quatro camas, banheiro e aparelho de TV. Outros dois detentos dividem o mesmo espaço.

Funcionários do presídio que tiveram contato com o pai de Isabella disseram que, esta semana, ele agiu como de costume: esteve calmo e conversou bastante com vários presos.

Entre eles, Lindemberg Alves, acusado de matar a namorada Eloá em 2008, e os irmãos Cravinhos, que participaram do assassinato dos pais de Suzane Richthofen, em 2002.

Por não ser condenado, Alexandre Nardoni não precisa trabalhar. Nós apuramos que, para passar o tempo, o pai de Isabella vinha ajudando no setor de roupas do presídio. A função dele era a de organizar o estoque e separar cada peça por tamanho. O próprio Alexandre entregava as roupas prontas para os detentos.

Já a função de Anna Carolina Jatobá até essa semana era controlar a entrada e a saída de produtos da cozinha. Funcionários do presídio disseram que a madrasta de Isabella é de falar pouco e ganhou a confiança de outras presas, algumas inclusive a chamam de Aninha.
Evangélica, Anna Carolina Jatobá passou a frequentar os cultos, sendo vista com frequência fazendo orações dentro da cela, que tem capacidade para duas detentas, mas abriga quatro, todas evangélicas.

Nesta segunda, o casal Nardoni volta a aparecer em público e, depois de um ano e dez meses, Alexandre e Anna Carolina vão se ver novamente.

sexta-feira, 19 de março de 2010

Caixa Econômica Federal abre inscrições para cadastro de reserva

A Caixa Econômica Federal (CEF) abre nesta sexta-feira (19) as inscrições para três concursos para formação de cadastro de reserva em todos os estados do país. As vagas são de nível médio e superior. Os salários variam de R$ 1.452 a R$ 6.571
A seleção é uma das mais esperadas pelos candidatos no país. No último concurso do banco em âmbito nacional, exceto para os estados do Rio de Janeiro e São Paulo, em 2008, foram 767 mil inscrições para o cargo de técnico bancário, que exige nível médio de escolaridade. Segundo a CEF, o número de inscritos foi recorde.


O número de inscritos para esse concurso deve aumentar, pois são contemplados dessa vez também os estados de São Paulo e Rio de Janeiro, e oferece ainda cargos de nível superior.

As vagas para nível médio são para o cargo de técnico bancário. O salário é de R$ 1.452, para uma carga horária de 30 horas semanais.

As chances de nível médio estão divididas em dois concursos. Um deles é para vagas nos estados do Rio de Janeiro e São Paulo, enquanto que o outro abre oportunidade os demais estados.

As atribuições do cargo são de atendimento aos clientes e ao público em geral e execução de atividades administrativas, de programas e serviços do banco.

O outro concurso é para nível superior. As chances são para advogado, arquiteto e engenheiro nas áreas civil, elétrica e mecânica. A carga horária desses postos é de 40 horas semanais, com salário de R$ 6.571.

Serão oferecidos benefícios como auxílio-refeição e alimentação, cesta-alimentação, plano de saúde, plano de previdência complementar e participação nos lucros e resultados.

As inscrições devem ser feitas pelo site www.cespe.unb.br, das 10h de 19 de março às 23h59 de 6 de abril. A taxa é de R$ 27 para nível médio e de R$ 60 para nível superior.

Podem solicitar isenção da taxa membros de famílias de baixa renda inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). O benefício poderá ser solicitado no mesmo site e período das inscrições.

A seleção inclui prova objetiva para todos os cargos. Os candidatos aos cargos de nível superior terão também avaliação de títulos.

Provas

As provas objetivas para nível superior e técnico bancários nos estados do Rio e São Paulo estão previstas para acontecerem no dia 9 de maio. Já as provas objetivas para técnico bancário nos demais estados acontecerão em 16 de maio.
A maioria das provas objetivas para nível superior será realizada em todas as capitais e em Brasília (DF). Somente para os cargos de engenheiro nas áreas elétrica e mecânica, as provas serão aplicadas nas cidades de Salvador (BA), Fortaleza (CE), Goiânia (GO), Belo Horizonte (MG), Curitiba (PR), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), Porto Alegre (RS), São Paulo (SP) e também Brasília.

Os candidatos do concurso de técnico bancário para o Rio de Janeiro e São Paulo realizarão as provas, na capital fluminense e nas cidades de Niterói (RJ), Campos dos Goytacazes (RJ), Volta Redonda (RJ) e Nova Iguaçu (RJ) e em São Paulo (SP), Osasco (SP), Ribeirão Preto (SP), Franca (SP), Piracicaba (SP), São Carlos (SP), Jundiaí (SP), Bauru (SP), Campinas (SP), São José dos Campos (SP), Sorocaba (SP), São José do Rio Preto (SP), Presidente Prudente (SP), Santos (SP) e São Bernardo do Campo (SP).

As provas para os candidatos ao posto de técnico bancário em outros estados serão realizadas nas cidades relacionadas no edital e a escolha deverá ser feita no momento da inscrição.

Briguinha de casal - Lula e Marisa

quinta-feira, 18 de março de 2010

Maranhão 66, o documentário de Glauber Rocha




O povo maranhense ja sofre faz tempo, este documentário comprova tudo isso

quarta-feira, 17 de março de 2010

Serra tem 35% e Dilma, 30% das intenções de voto, diz pesquisa Ibope

Pesquisa encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) ao Ibope divulgada nesta quarta-feira (17) sobre as intenções de voto para presidente da República aponta o governador de São Paulo, José Serra (PSDB), com 35% da preferência do eleitorado, contra 30% da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff (PT). O deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE) tem 11%. A senadora Marina Silva (PV-AC) aparece com 6%.


A diferença entre o governador e a ministra diminuiu de 21 pontos percentuais, no levantamento anterior, divulgado no início de dezembro, para cinco pontos agora. Em dezembro, Serra aparecia com 38% das intenções de voto, contra 17% de Dilma Rousseff, 13% de Ciro Gomes e 6% de Marina Silva.

Para a pesquisa divulgada nesta quarta, 2002 pessoas foram entrevistadas em 140 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O intervalo de confiança estimado é de 95%.

Com Aécio

Em outro cenário, com o governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), no lugar de Serra, Dilma assume a liderança com 34% das intenções de voto, contra 21% de Ciro, 13% de Aécio e 8% de Marina. Brancos e nulos são 14%. O percentual de eleitores que não responderam foi de 9%.
A CNI/Ibope também simulou a intenção de voto em dois quadros sem Ciro Gomes. No primeiro, Serra tem 38%, contra 33% de Dilma e 8% de Marina. Nesse cenário, brancos e nulos somam 12%, e eleitores que não responderam, 8%. Em outra simulação, desta vez com o governador mineiro, Dilma tem 39% das intenções de voto e é seguida por Aécio, com 18%, e Marina, com 12%. Brancos e nulos são 19%. Doze por cento dos eleitores não responderam.

O menor índice de rejeição é o do governador José Serra: 25% dos entrevistados disseram que não votariam nele de jeito nenhum para presidente. Esse percentual era de 29% na última pesquisa. Em relação a Dilma Rousseff, o índice de rejeição caiu de 41% em dezembro, para 27% agora. Ciro tinha rejeição de 33% e agora é rejeitado por 28% dos entrevistados.

Datafolha

Pesquisa Datafolha divulgada em 27 de fevereiro mostrou queda na diferença entre os pré-candidatos do PSDB, o governador paulista, José Serra, e do PT, a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, à sucessão presidencial.

O levantamento apontou Serra com 32% das intenções de voto; Dilma Rousseff, com 28%; o deputado federal Ciro Gomes (CE), pré-candidato do PSB, com 12%; e a pré-candidata do PV, senadora Marina Silva (AC), com 8%. Na mostra anterior do Datafolha, divulgada em dezembro de 2009, Serra tinha 37%; Dilma 23%; Ciro 13%; e Marina 8%.

Outro levantamento Pesquisa realizada pelo Ibope por encomenda da Associação Comercial de São Paulo e realizada entre os dias 6 a 9 de fevereiro indicava Serra com 36% das intenções de voto e Dilma 25%. Em terceiro lugar estava o deputado federal Ciro Gomes (PSB) com 11%, seguido da senadora Marina Silva (PV) com 8%.

terça-feira, 16 de março de 2010

Jackson esta vivo - Governador cassado diz que entra na disputa para o Governo do Maranhão





Foi vinculado nos principais meios de comunicação maranhense, uma noticia um tanto quanto esperada: Jackson Lago pretende sair candidato ao governo.
Apesar de ainda não ter claramente apoios e coligações definidas para sua campanha, o mesmo se mostra disposto a se tornar candidato e entrar na disputa com a atual governadora, que foi responsavel por sua cassação.
Jackson afirma que ultimamente os meios de comunicação so vem vinculando o nome de Flavio Dino como um dos principais nomes para a disputa do governo do estado, mas diz esta vivo e querendo lutar pelo mandato que lhe foi retirado prematuramente,contrariando  o povo que o elegeu,segundo o ex -governdador.
Mas segundo boatos, o Deputado Flavio Dino poderia ter dado declarações que, caso PMDB de Roseana desse vaga de vice ao PT,ele sairia em uma chapa como senador, deixando a disputa entre Roseana Sarney e Jackson Lago mais direta.
Agora é esperar pra ver, e procurar fazer a melhor escolha para nosso estado

segunda-feira, 15 de março de 2010

Flávio Dino Senador

Do Blog do Anselmo Raposo

Caro Flávio
Resolvi escrever esta postagem como um apelo a um dos melhores Deputado Federal deste País.
Não vou ser redundante em afirmar, mas já afirmando que o Governo Lula foi também um dos melhores da história deste país, e que temos como dever cívico dar continuidade a esse grande projeto através da eleição da Ministra Dilma Rousseff.
No entanto caro Flávio, como parlamentar preocupado em mudar o Brasil, você bem sabe melhor do que eu, que o maior gargalo do Governo Lula foi o parlamento. Tanto a Câmara como o Senado ainda sobrevivem do toma lá da cá, do fisiologismo, dos interesses individuais de cada um e não em prol do coletivo e do povo brasileiro, lógico que não generalizo, mas é a impressão popular do que o Congresso Brasileiro nos passa.
Quando se fala de Senado então, tem-se o que há de mais antigo e atrasado na política brasileira. O Senado ainda é o ninho dos Coronéis do Sul e Sudeste de país. Lá estão aqueles que serviram a militares e a seus ditadores, e aqueles que pulam de galho em galho não importando o que vem depois do P do Partido. Poder e simplesmente poder é o objetivo da maioria daquela casa, sem medo de errar.
Foi no Senado que o Governo Lula teve os maiores entraves e que menos consegui avançar. Se o Governo não teve avanço maior nas conquistas sociais devem-se às alianças que precisaram ser feitas ali, caso contrário, nem o que temos hoje teríamos conseguido. O Senado constrangeu por diversas vezes o Governo Lula.
Bem, vivemos um novo momento na história do nosso país, chegamos ao final do Governo Lula e temos que decidir se queremos voltar ao passado, ou se queremos continuar aprofundando o que começamos.
A eleição da Ministra Dilma Rousseff, é o símbolo da continuação de um projeto que milhões de brasileiros e atualmente 43% dos maranhenses desejam. Dilma terá muito mais dificuldade para governar o país que o Lula, se não conseguir eleger Deputados comprometidos com as mudanças e principalmente renovar o Senado.
Sei também que nas próximas semanas o Presidente Lula deverá ter um conversa com o Deputado Flávio Dino e o pedirá que seja candidato a Senador pelo Maranhão. Sei também que o nobre amigo (se assim me permitires chamar), já disse a seus interlocutores que dirá não.
Pois bem Deputado Flávio, não sou o Presidente da República e nem tenho força política para lhe pedir isso, mas leia o meu apelo, o Maranhão precisa contribuir para a formação de um Senado alinhado com a Ministra Dilma. Sei também que fui um dos primeiros a defender a terceira via enquanto muitos o chamavam de Sarneysistas e outras coisas, mas nessa época o PT não tinha definido a tática eleitoral que acha mais correta para a eleição da Dilma.
No Maranhão, precisamos fazer uma aliança com o PMDB, e não adianta dizer que o Maranhão não influenciará na eleição da Dilma, pois a disputa será voto a voto. O PCdoB em 1994 aliou-se com o grupo Sarney em uma situação totalmente diferente, hoje PT e PCdoB têm todas as chances de mudar por dentro a forma de fazer política.
Flávio Dino Senador representará o novo, na forma de fazer política e dará cara nova ao Senado Brasileiro. Com essa força eleitoral poderemos eleger Washington Luís Vice Governador, Bira do Pindaré, Domingos Dutra, e outros companheiros do PCdoB tanto para Deputado Federal como para Estadual.
O povo do Maranhão não pode dar-se ao luxo de perder um parlamentar como Flávio Dino, lembre-se Flávio, o Professor Chico Gonçalves colocou que 50% votariam em Roseana, que 30% votariam em algo novo e que 20 não sabem em quem votar. No entanto o IBOPE aponta que hoje 62% votariam na candidata do Lula, não só para a Presidência como para o Governo.
Gostaria muito que o Deputado Flávio Dino, entende-se que não é só o Presidente Lula, que pode lhe fazer esse pedido, eu como um simples professor universitário e militante do PT desde 1989, também posso.

Dilma continua crescendo e Serra caindo ,segundo pesquisa de intenção de votos





























Dilma Roussef passa na frente de José Serra  nas intenções de voto segundo pesquisa eleitoral na ultima semana. A candidata do PT ja se encontra em empate tecnico com o candidato tucano causando desespero PSDB , pois mesmo com o empate, Dilma se encontraria 1 ponto a frente que o governador de São Paulo.
Pesquisa  deve ser divulgada de forma oficial na quarta - feira.







































































































































































































domingo, 14 de março de 2010

VISITEM O BLOG DO FRANC BERREDO - http://francberredo.blogspot.com/

Recomendo aos meus leitores que prestigiem o blog de um grande amigo meu, de nome Francisco Berredo Junior.
Francisco nasceu no MA, é formado em pedagogia, evangélico,,inteligente e que trabalha com reabilitação de jovens em um projeto feito na prefeitura de São Luís, mas que poem textos criticos humoristicos em seu blog, que valem a pena conferir

Abraco
Armando Raposo

http://francberredo.blogspot.com/

Prova de matemática do comando vermelho

Do blog do amigo Franc Berredo, muito bom, recomendo aos meus leitores que visitem este blog

PROVA DE MATEMÁTICA DO COMANDO VERMELHO
Prova de matemática

Nome do aluno:________________________
_____________________________
Facção a qual pertence:______________________________________________
Turno:____


l.) Zarôio tem um fuzil AK-47 com carregador de 80 balas. Em cada rajada o Zarôio gasta 13 balas. Quantas rajadas poderá disparar até descarregar a arma?
________________________________

2.) Birosca comprou 10 gramas de cocaína pura que misturou com bicarbonato de sódio na proporção de 4 partes de pó para 6 de bicarbonato. A seguir vendeu 6 gramas desta mistura ao Cascudo por R$ 150,00 e 16 gramas ao Chinfra a R$40,00 cada grama:
ENTÃO:
a) Quem é que comprou mais barato? Cascudo ou Chinfra?
b) Quantos gramas de mistura o Birosca preparou?
c) Quanto de cocaína contém essa mistura?
d) Qual é a taxa de diluição da mistura?
________________________________

3.) Rojão é cafetão na Praça Mauá e tem 3 prostitutas que trabalham para ele. Cada uma delas cobra R$ 35,00 ao cliente, dos quais R$ 20,00 são entregues ao Rojão. Quantos clientes terá que atender cada prostituta para poder comprar ao Rojão a sua dose diária de crack no valor de R$ 150,00?
________________________________

4.) Jamanta comprou 200 gramas de heroína que pretende revender com um lucro de 20% graças ao "batismo" da droga com giz. Qual é a quantidade de giz que ele terá que adicionar?
________________________________

5.) Chaveta recebe R$ 500,00 por cada BMW roubado, R$ 125,00 por carro japonês e R$ 250,00 por cada 4X4. Como já puxou 2 BMW e 3 4X4, quantos carros japoneses terá que roubar para receber o total de R$ 2.000,00?
________________________________

6.) Pipôco está na prisão há 6 anos por assassinato pelo qual recebeu o equivalente a R$ 5.000,00. A mulher dele está gastando esse dinheiro à taxa de R$ 50,00/mês. Quanto dinheiro vai restar para Pipôco quando sair da prisão daqui a 4 anos?
________________________________

7.) Uma lata de spray dá para pichar uma superfície com 3 m2 . Uma letra grande ocupa uma área de 0,4 m 2. Quantas letras grandes poderão ser pintadas com 3 latas de spray?
________________________________

8.) Chapão recrutou 3 prostitutas para a gang. Se o número total de prostitutas que trabalham para a gang é igual a 27, qual é o percentual de prostitutas recrutadas pelo Chapão?
________________________________

9.) Durante uma rixa entre gangs, Maifrende disparou 145 balas com uma pistola 45 automática (de uso exclusivo das Forças Armadas) acertando 8 pessoas. Qual é o percentual da eficácia dos tiros do Maifrende?
________________________________

10. ) Sapão é preso por traficar crack e a sua fiança foi estabelecida em RS 12.500,00. Se ele pagar a fiança e os honorários do seu advogado (que reclama 12% da fiança como pagamento dos seus serviços) antes de fugir para a Bolívia, qual será o total da despesa?
________________________________

BOA PROVA! FÉ EM DEUS!

OBS.: AÊ, Maluco, QUEM COLAR VAI PRA VALA!

Os avanços e conquistas da aliança PT-PMDB no Maranhão

Por Virna Texeira
    Relembrar os acontecimentos que se passaram nestes 30 anos de lutas e conquistas do PT deve ser um exercício para além do simples gosto por retóricas e frases de efeito. Historiar nosso partido representa muito mais do que isso, significa a capacidade única de a militância petista conseguir refletir criticamente sobre seus desacertos e a partir disso trilhar caminhos que possam ter como norte a resolução dos problemas que verdadeiramente afligem a classe trabalhadora e o povo brasileiro.
    Após este último Congresso do PT, o quarto em sua trajetória, consagramos, com o sempre vivo e entusiástico espírito militante de petistas de todo o Brasil, a vontade de continuar mudando o país através da implementação de políticas públicas democráticas, que buscam reduzir desigualdades e inverter lógicas tradicionais de dominação. Mantivemos a convicção na nossa estratégia de poder, que, ao adotar como tática central a eleição da companheira Dilma Roussef para presidente, vislumbra também o alcance de outras variantes sociais, fundamentais para consolidação de um projeto de hegemonia que se pretende duradouro e progressivamente transformador.
    O destaque que o IV Congresso do PT e a Direção Nacional têm dado à necessidade de construirmos palanques estaduais unitários para a eleição presidencial de Dilma Roussef ultrapassa uma simples interpretação, que parece ser recorrente entre alguns militantes maranhenses, de mera acomodação de aliados e meio ágil de obtenção de resultados favoráveis. Equivocam-se redondamente os companheiros e deslizam na óbvia casca de banana do reducionismo político e panfletário. Dialogar inicialmente com o diferente nestas eleições de 2010, com os partidos diferentes que não sejam os declarados adversários, sinaliza também o desejo de estabelecer relações institucionais que se concretizarão no período pós-eleitoral, no qual ocorrerá a retomada das discussões que permitam um pacto sustentável de governabilidade e execução de uma pauta mais ampla de gestão pública no Brasil.
    Se antes o tema PMDB soaria como um enorme e incômodo tabu nos debates políticos travados pela militância petista maranhense, que sempre o personalizou e ignorou a possibilidade de repensá-lo enquanto representação institucional e popular, neste momento, diante de uma favorável conjuntura nacional, o PT do Maranhão precisa agregá-lo em sua agenda política e reconhecer o maior partido da base do governo como o nosso aliado tanto no plano nacional quanto estadual.
    Como comprovam as pesquisas de opinião de voto, a candidatura ao governo do Maranhão que demonstra possibilidades reais de vitória, sem entrar no campo das especulações e da elaboração de cenários políticos subjetivos, é apresentada pelo PMDB, que busca a reeleição da atual governadora Roseana Sarney. Neste contexto específico, sobre o qual nossas análises devem se deter, há uma declarada intenção do PMDB maranhense de discutir a relação político-institucional com o PT, compreendendo a necessidade de compor um governo estadual que garanta, no futuro próximo com a eleição de Dilma, maior visibilidade social junto ao Governo Federal, o que conseqüentemente se traduzirá no desenvolvimento econômico do Maranhão e na melhoria das condições de vida de sua população. A parceria do PT com o PMDB na aliança nacional das eleições de 2010, se também reproduzida aqui na candidatura ao governo do estado, permitirá uma nova engenharia na administração das políticas públicas, que serão irremediavelmente influenciadas pelo modo petista de governar.
    Na construção dessa aliança, para que dela resulte concretamente conquistas e avanços, é preciso que nos apropriemos da maturidade política que nosso partido e governo adquiriu ao longo de nossa história, dialogando com serenidade e de forma transparente aquilo que realmente interessa ao nosso projeto coletivo. Nosso objetivo, seguramente, é ampliar nossas bancadas de deputados estaduais e federais, eleger um senador e delimitar nossa atuação, organicamente, no governo do estado, algo que advirá do mandato de vice-governador. Estas propostas, aparentemente ambiciosas, são factuais e podem se tornar realidade desde que encaremos esse debate com personalidade e com a convicção de que estaremos contribuindo efetivamente para o êxito de nossa tática nacional.
    Nestes 30 anos representamos com dignidade, sem dúvida, o não menos importante papel secundário da esquerda maranhense. Conseguimos manter a margem pouco flutuante dos 10% do eleitorado maranhense. E o fizemos por circunstâncias históricas e regionais, que muito provavelmente não foram fruto de uma escolha deliberada, até porque não somos unicamente partido de quadros, somos um partido sobretudo de massas. Mas temos muito potencial para continuarmos desempenhando o mesmo papel e permanecer no mesmo lugar dessa fila que insiste em nos deixar por último. Não são novos nomes apresentados em uma eleição que serão capazes de revolucionar práticas políticas e sociais de um dia para noite.
Precisamos construir um projeto político para o Maranhão desde já, com nossa marca, com nossas digitais, que seja maior que um sujeito individual, que seja contagiante e consiga unir todos aqueles que em nome de um ideal coletivo sintam-se parte e todo desse desenfreado processo de mudança que o nosso partido vem alavancando com pluralidade e democracia em todo país.
Virna Teixeira – Dirigente Estadual do PT – MA e militante do Campo Construindo Um Novo Brasil

sexta-feira, 12 de março de 2010

"Na paz do Senhor" ...












































Em matéria vinculada no Jornal Nacional e no Jornal Hoje da Rede Globo, ocorreu um fato que no mínimo é muito curioso, onde pastores da igreja evangélica Mundial foram autuados em flagrante transportando armas no MS.

Segundo Policiais que faziam a ronda na fronteira, ao serem abordados, os “pastores” demonstraram um certo nervosismo, e esta atitude chamou atenção dos guardas de plantão. Os acusados disseram que teriam ido à Bolívia para a realização de um culto, mas não contaram que na volta seriam surpreendidos pelos policias de prontidão.

Na revista feita no veiculo, foram encontrados varias armas de grosso calibre, usadas em guerra, e que fazem parte do arsenal do exercito americano.

Ao serem autuados, os mesmos confessaram o crime e disseram ter uma terceira pessoa envolvida na questão, outro pastor que se encontrava em casa no momento, e foi preso no local.

Os dois ocupantes do veiculo eram Felipe Jorge Freitas, 33 anos, e Sebastião Braz Neto, 42, dois pastores da igreja Mundial do Poder de Deus, o terceiro envolvido era Francisco Moura,31, que como já citado, também era pastor da igreja. Disseram também que o armamento tinha destino para uma favela do Rio de Janeiro, o Morro do São Martins, que fica em São Gonçalo.

Acho o poder julgador da classe evangélica muito apurada, quando sabem muito bem apontar os pecados dos outros e se afirmarem mais perto de Deus que qualquer outra pessoa, onde acusam, nos católicos, de sermos adoradores de santos, sem entender o que o santo significa realmente para o catolicismo, e se acham no direito até de dizer o que é certo e o que é errado com propriedade para uma pessoa que não se enquadre em seu rito espiritual.

Como católico, e CRENTE EM DEUS, não venho generalizar, e afirmar que todos os evangélicos tem essa pratica, mas aconselho que antes de tudo, se deve ver a sujeira que temos em casa, pra depois apontar o encardido na casa do outro. Como conhecedor da bíblia, palavra em que eles dizem ser especialistas, o único pecado que Deus não perdoa é a blasfêmia, e com toda certeza não é a favor de falar em sua palavra, pessoas que se aproveitam de fieis e de sua devoção para ficarem ricos, e agora traficar armas.

Será que a mãe de Jesus, que foi sim de carne e osso como nós não poderia ter o poder de cura? Assim como eles acreditam que na oração em fé de seus pastores, como costumo ver, vários fieis sendo instantaneamente libertos de enfermidades que levam grande período de observação medica, mas a mãe de Jesus, segundo os “protestantes” é igual a nós, eles são superiores, ter sido a mulher dentre tantas a serem escolhidas para ser a mãe do salvador para os cristãos não tem seu valor, já dizia minha mãe, não há bom filho que não escute sua mãe, e como bom filho que Jesus foi, tenho certeza que escutou vários conselhos de Maria, sem esquecer que foi educado por ela, Jesus não nasceu com 33 anos, sem citar a reforma protestante de Lutero, que foi puro oportunismo, o grande golpe histórico para beneficio próprio, além de darem a criação do divorcio, com a igreja Anglicana, para favorecer vontade do rei da Inglaterra na época, que desejava separar-se de sua esposa, ou seja, não é de hoje que boas pessoas vêem sendo iludidas por falsos pregadores.

Não quero dizer aqui também que o catolicismo é unânime, e que ser evangélico é errado. O vaticano de modo algum vive o voto de pobreza proposto por padres quando decidem viver em função de Deus, entre outras coisas históricas, envolvendo vários escândalos também.

Aconselho ao nossos irmãos, para enxergaram a pessoa antes da religião, que o mundo seja regado de forma mais ecumênica, pois nenhuma religião pode se dizer soberana a outra, e ter propriedade julgadora, pois não podemos esquecer: Todos são iguais aos olhos do pai.

Armando Raposo, católico apostólico romano

Matricula de aprovados pelo Sisu Termina Hoje

Inscrições do Sisu, Sistema de seleção unificada termina hoje, candidatos interessados devem consultar o site da instituição e efutuar o processo de matricula

O que é o SiSU


O sistema estreou em 2010 e seleciona vagas somente nos cursos que têm o Enem como único processo seletivo. Outras instituições de ensino, que não aderiram ao SiSU, tanto públicas quanto particulares, adotaram a nota do Enem conforme o seu critério: ou como parte da nota ou como primeira fase.


Para tirar dúvidas, o candidato pode ligar para o telefone 0800 616161 ou no endereço eletrônico http://sisu.mec.gov.br/falecomagente.html.

Lula quer que Meirelles fique no governo, diz ministro


O ministro de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, afirmou nesta quinta-feira que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva irá conversar com o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, para sondar sobre as pretensões eleitorais do chefe da autoridade monetária. Na avaliação do coordenador político do governo, Lula tem conseguido dissuadir alguns de seus ministros de deixar o governo para concorrer a cargos nas eleições, situação que pode ocorrer com Meirelles.


Uma das hipóteses sobre o destino político do presidente do BC é deixar a instituição em busca de apoio para ser candidato a vice-presidente na chapa encabeçada pela ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff. Se confirmada a tese, ele tem até o dia 3 de abril para se desligar do cargo no governo.

"Por ele, o ministro Henrique Meirelles não sairia do governo", disse. "O presidente já disse que gostaria de ter todos os ministros até o final do ano", afirmou o ministro, relembrando que o desejo do presidente Lula é, na medida do possível, preencher as vagas abertas nos ministérios com os secretários-executivos de cada pasta.

Reunido com os presidentes da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP) e do Senado, José Sarney (PMDB-SP), Padilha disse que ambos não contestaram a tese de Lula de evitar novas disputas por cargos de primeiro escalão no último ano da gestão petista. "Os presidentes Temer e Sarney não questionaram a tese de (se nomear ministras as) pessoas que fazem parte da máquina pública", afirmou.

quinta-feira, 11 de março de 2010

O exemplo do PT do Piaui e do Pará ao PT do Maranhão

Do Blog do Anselmo Raposo
O PT governa os estados vizinhos do Pará e do Piauí, no Pará a governadora Ana Julia já no seu segundo mandato assim como o Governador Wellington Dias do Piauí.
O mais interessante em ambos os casos é que tanto no Pará quanto no Piauí o PT para chegar ao governo teve como aliado o PMDB, Ana Julia Carepa, formou o palanque com Lula e Jader Barbalho, para derrotar os Tucanos e o Governador Wellington Dias partilhou com Mão Santa e aliados.
No Maranhão  alguns petistas não conseguem enxergar o quanto estratégico essa aliança é para o fortalecimento da candidatura de Dilma e do próprio PT, 
O PT do Maranhão por duas vezes foi enganado por Jackson Lago e seus aliados. O próprio Domingos Dutra sabe como foi tratado na prefeitura quando jogou fora um mandato de Deputado Federal e ficou isolado.
Alguns Petistas afirmam que aqueles que defendem aliança com o PMDB estão envergonhados e não se envergonham em ter participado de um governo aonde quem dava as cartas era o PSDB os maiores rivais do nosso Governo.
O PT do Maranhão precisa crescer, e tenho certeza que essa aliança com o PMDB em torno de um projeto para o Maranhão trará ganhos políticos ao PT do Maranhão e quem sabe futuramente não tenhamos um governador, um senador, Deputados Federais e Estaduais e posemos seguir os exemplos do Pará e do Piauí.
Veja a trajetória dos Governadores do Pará e do Maranhão abaixo

Jarbas se irrita com Serra e desiste de reunião em SP

do site UOL

Há sete dias, pelo telefone, Jarbas Vasconcelos e José Serra pré-agendaram uma reunião. Ocorreria nesta semana, em São Paulo. Não vai mais acontecer.

Irritado com Serra, um ‘quase-talvez-provável-futuro’ presidenciável do PSDB, Jarbas desistiu do encontro. Perdeu o interesse.

Conversariam sobre a montagem de um palanque oposicionista para Serra em Pernambuco, sob o comando de Jarbas, dissidente do PMDB.

Ao tomar conhecimento, pelos jornais, de que Serra se mantém aferrado à idéia de só virar candidato no início de abril, Jarbas decidiu imitá-lo.

Adiou, também ele, a decisão sobre sua candidatura ao governo pernambucano. Só vai se definir depois que Serra sair do armário.

Caprichoso, Jarbas optou por levar sua decisão ao conhecimento de Serra pela mesma via utilizada pelo tucanato: os jornais. Mandou distribuir uma nota. No texto, escreve:

“Não faz mais sentido me reunir, neste momento, com o governador para tratar do palanque dos partidos de oposição em Pernambuco”.

Por quê? “A prioridade escolhida por Serra é justamente a conclusão a contento da sua passagem pelo governo de São Paulo”.

Portanto, “vou aguardar a desincompatibilização e posterior lançamento da candidatura do governador Serra à Presidência da República”.

Algo “que deve ocorrer no início do próximo mês de abril, conforme também informou à imprensa o senador Sérgio Guerra”, presidente do PSDB.

A menção à entrevista de Guerra não foi gratuita. Jarbas estranhara o fato de não ter merecido do amigo, pernambucano como ele, a gentileza de um telefonema.

Na noite passada, informado acerca do teor da nota de Jarbas, Serra mandou a secretária tocar o telefone para o senador.

Jarbas participava de uma reunião na Comissão de Justiça do Senado. De volta ao gabinete, soube que Serra o procurara. Optou por não ligar de volta. Aguardava pelo telefonema de Serra havia seis dias.

Na última conversa, ocorrida na quinta-feira (4) da semana passada, Serra ficara de ligar no dia seguinte. Informaria dia e hora da reunião.

Não ligou na sexta. Nada no final de semana. Na segunda, nem sinal. Tampouco na terça. Só ligaria na quarta, assim mesmo depois da divulgação nota.

Para Jarbas, Serra erra ao adiar o anúncio da candidatura num instante em que a rival Dilma Rousseff achega-se a ele nas pesquisas.

Dissera o que pensa ao próprio Serra. Depois, publicamente. A despeito de tudo, Jarbas admite meter-se numa eleição que não precisaria disputar.

Senador até 2014, não tinha o mais remoto interesse em concorrer à cadeira de governador de Pernambuco, que já ocupou por dois mandatos.

A pedido de Serra, deve ir às urnas a contragosto, conectado ao "projeto nacional". Considera merecedor de um pingo de consideração. Daí a sua irritação.

Em privado, Jarbas desabafou com um amigo: “Não preciso do Serra pra nada!” Talvez devolva a ligação do governador nesta quinta (11). Na noite passada, a pressa já lhe fugira.